Mercadinho São Luiz, Glúten free e um caixa

Por que tenho a impressão que algumas coisas estranhas só acontecem comigo?

Vontade louca de comer doce (pré-TPM?) então decido dar uma passadinha no São Luiz do Benfica.
Primeiro ponto: A rede está investindo cada vez mais em produtos sem glúten. Fiquei surpresa em ver seis (!!) macarrões gluten-free, incluindo o malfadado chinês, penne de quinua, massas pequenas para sopa. Fiquei orgulhosa, como se uma batalha tivesse sido ganha.

Após a surpresa, sigo na direção do doce de leite e, por curiosidade entro na sessão de biscoitos e dou de cara com biscoitos de arroz integral da Camil!! A embalagem é enorme e com sistema ziplock. São bem levinhos e levemente salgados. Mais uma surpresa! Só poderia ser melhor se os biscoitos não tivesse escondidos atrás da sessão de biscoitos integrais…

Com o biscoitos em mãos, sigo para o doce de leite. A marca que eu costumo comprar não tinha, peguei outra mais ou menos e fui para a fila.
Segundo ponto: chegando lá o caixa muito simpático pára para ler a embalagem do meu biscoito e comenta:

Arroz integral? Então ele é rico em fibras.
Eu: Deve ser. O que mais me interessa é que ele não tem glúten.
Ele: Será que é bom??
Eu: Ainda não sei. É a primeira vez que eu compro…
Ele: E meu médico pediu para comer fibras! Vou ver esse biscoito depois.
Eu: Ah, foi?
Ele: Foi… Tenho uma prisão de ventre terrível! Ai ele me mandou comer muita fibra.
Eu: E não se esqueça de beber muita água também.  Só fibra não funciona muito não. Pode até piorar.
Ele: Foi, ele comentou.

Ok… Quem de vocês por aqui discutiram sobre prisão de ventre com um caixa de supermercado, hein? Quem??

Fora o papo estranho descrito acima, estou cada vez mais me sentindo menos só nessa batalha de levar uma vida sem glúten.

Anúncios