Contos de fadas

Nunca acreditei em Adão e Eva.
Sério!

Lembro ainda pequena das aulas de religião lá no primário. A professora falava dessa história e eu achava tudo muito estranho. Quando ganhei a primeira bíblia do meu pai (tenho até hoje), para mim era como fosse mais um livro de historinhas… Resumindo, para mim essa história sempre foi um conto de fadas semelhante àquele da Princesa e a ervilha.

Falando nisso, fiquei surpresa em lembrar desse conto de fadas. A minha infância foi cercada das histórias da Disney e do Hans Christian Andersen com o Soldadinho de chumbo, a Roupa nova do Rei, Polegarzinha e, claro, A Princesa e a Ervilha.

Adorava.
Tive uma infância muito boa, disso nunca poderei reclamar.

Depois de toda essa conversa deu até vontade de torcer para ter um filho (daqui a muitos anos) que aceite gostar um pouco de contos de fadas, só para que eu possa reviver essa época…

Imagens daqui e daqui

Anúncios

Um comentário sobre “Contos de fadas

Os comentários estão desativados.