Só me derrube no final

Pensando aqui…

10339_221626854638996_601323291_n

Cada vez mais tenho certeza que perco o meu tempo (que é precioso como qualquer outro tempo de outra pessoa, já que não volta!) em coisas sem importância e que pouco vão me acrescentar.

Não leio tanto quanto poderia e gostaria. Estudo menos ainda. Estou assistindo muitas séries, muito mais do que eu poderia assistir realmente. É necessário? Não, não é. E porque eu devo reler um livro bem mais ou menos e que me faz relaxar ao invés de seguir para algo novo e que eu penso que vou gostar ? A lista de livros a serem lidos é enorme!!

218987600603255024_1Z0Xlvxu_c

Ando abusada, sei disso. Abuso até de alguns blogs. Fui eu que mudei ou o nível de futilidade e posts estranhos, com gente esquisita (não resisti) que não me agregará em nada aumentou? Estou cansada, não é mais para mim.

Gosto de novidade. Gosto de papear no Facebook até que um amigo me oferecer emprestar um livro de um autor que nunca li. Gosto de ficar zanzando até ver que uma amiga postou a trilha de um filme que nunca tinha visto e eu descobri que é um dos últimos de Kubrick. Gosto de descobrir uma banda do nada e depois não entender como não achei essa preciosidade antes!

Eu sinceramente gosto de saber informações interessantes. Não sei quando e com que irei utilizá-las. Apenas por curiosidade. E essa mania, por assim dizer, não é legal. Num momento onde a informação é tão rápida, faz com que sejamos cada vez mais elétricos e sem foco.

Agora resta saber como um post sobre a uma música de uma minissérie acabou virando um desabafo… O fato de estar chateada e com as duas pernas doloridas sem ter feito nada ajudaram. Certeza.

Trocando de casca, percebendo o tempo que estou perdendo com coisas inúteis e tentando corrigir isso para o futuro. O negócio agora é correr atrás (não literalmente, claro… Hoje não conseguiria nem caminhar atrás dele. Sorte minha que do jeito que elas pioram do nada, do nada melhoram).

Post escrito ao som de Vapor Barato e The Boxer. Duas versões maravilhosas de duas músicas já consagradas. Agora poderia ser tranquilamente Sobre o Tempo. Sobre as imagens, eu salvei a primeira há semanas atrás quando a vi no Street Art Germany. Já a segunda (que acrescentarei assim que o Wordpress permitir) encontrei por acaso no Pinterest.

Anúncios