Muito além do peso

Trata-se de um documentário que aborda os efeitos da má alimentação das crianças pelo Brasil e que a desinformação sobre a qualidade dos produtos industrializados ainda é grande porque a máxima ‘se fosse ruim não venderiam’ permanece.

muito

Além de imagens próprias eles utilizam cenas do Jamie Oliver quando este participou do TED para tratar do mesmo assunto. Também pude verificar algo do Food Revolution, série que ele tinha e que voltava para alimentação infantil. Assim como na série dele, as crianças brasileiras já possuem problemas para reconhecer frutas usuais.

A parte didática dele é ótima. Eles conseguiram demonstrar o quanto de óleo ou açúcar se consome junto com aquele refrigerante ou batatinha famosa. É interessante quando se tenta chocar pelo excesso de consumo.

peso_03

A diretora também bate na tecla sobre a publicidade infantil e o quanto essa publicidade influencia nas compras da casa porque as crianças querem aquele suco de caixinha ou aquele salgadinho dos seus personagens preferidos. Quem tem ou teve criança em casa sabe que isso é real e que eles decoram toda a musiquinha do triste do comercial. Ela também traz um dado que descobri apenas o ano passado: o maior vendedor de brinquedos no mundo é a Mc Donald’s. Lógico! A criança não vai lá comer e sim comprar mais uma peça da sua coleção de brinquedinhos.

Achei interessantíssimo e gostei bastante. Acho que deveria ser obrigatório a todos pais assistirem para relembrarem que você o que você come e que as crianças estão cada vez mais doentes por conta da má alimentação associada ao sedentarismo.

peso_05

Enfim, mais um documentário legal sobre alimentação. Outro que gostei bastante só que o enfoque era totalmente diferente foi o Food. Inc. Deu vontade até de revê-lo.

Imagens são Prints do documentário. Assistam gratuitamente aqui

Anúncios

Um comentário sobre “Muito além do peso

  1. Vi esse documentário outro dia. Fiquei verdadeiramente assustada. Tenho medo de que nos tornemos como os personagens humanos da nave em WALL-E.

Os comentários estão desativados.