Touca no subúrbio

Na minha adolescência, quando eu precisava de cabelos mais domados sem a existência da escova inteligente, eu recorria à touca de meia. Aquela feita com meia-calça velha e muitos grampos (ou biliros) de cabelo. Com muito cabelo e normalmente grandes, no início perdia a paciência e pedia para minha mãe fazer. No final eu já estava craque nisso. Só que isso faz parte do meu passado condenável.

Depois de anos sem ver isso de perto, descubro que aqui no Recife existe uma febre dessas toucas de meia. São várias marcas onde você não precisa de meia-calça velha e sim já é cortadinha, ideal para a cabeça. Tem até tamanhos diferentes e várias cores! Normalmente as mulheres de mais de 40 andam com elas em feiras-livres e bairros mais movimentados do subúrbio como se não tivesse nada. Tipo… Saí linda assim:

touca

Ok.

Ainda me acostumando a isso e não, não vou aderir a moda. Não sairia assim nem para ir no mercadinho na rua ao lado! Prefiro até usar sutiã bege a usar isso. E olhe que detesto essa cor!

Anúncios