Ovos de páscoa

Não lembro qual foi o ano em que eu comi o meu último ovo de páscoa. Lembro que foi presente de um amigo de universidade (ainda estávamos cursando administração) que perdi o contato. Isso deve fazer de cinco ou seis anos. Foi um alpino cujo número nem lembro mais.

Depois de anos e anos sem comer chocolate, pensei que esse fosse o primeiro ano de retorno do ovo de páscoa quando me deparo com os preços absurdos para os ovos normais e ridículos para os ovos sem glúten, aqueles que eu posso comer (e normalmente mais finos)

Hoje tive a certeza que na páscoa vou fazer uma fornada de brownie sem glúten (outra coisa que não lembro o ano que comi) para a família. Isso se não me der vontade de fazer antes…

Anúncios