E depois da decisão vem a calmaria e a arrumação para o novo

Semana passada encerrou-se mais um ciclo na minha vida. Não sei vocês, mas quanto isso ocorre tenho uma extrema necessidade de me organizar para o que vem e, nessa organização vem as doações.

Retirei 3 pares de sapatos (dois para doar e um para jogar fora), algumas roupas que para minha mãe eu não doaria, alguns cremes de cabelo que eu não queria mais entre outras coisas. Para algumas coisas a doação foi interna já que tudo o que eu ganho tem que passar pelo crivo da minha mãe, que ainda reclamará por eu não querer mais aquilo, seja lá o que for.

Comprei alguns organizadores para organizar a estante (que agora está descente), rasguei dezenas de papéis inúteis e separei algumas maquiagens ou produtos bons e cheios para ver se alguém do trabalho deseja.

Esta é a forma que eu encontro para acalmar a minha cabeça após grandes decisões. Procuro desesperadamente a leveza que um bota fora proporciona. A arrumação ainda não acabou já que ainda existem caixas com alguns livros e outros trecos a serem definidos se vão continuar na minha vida ou não.

Anúncios