Porco ‘Boterista’

Alguns dias atrás eu estava na saga atrás de vasos de cerâmica para as novas plantinhas lá de casa quando me deparei com um porco de cerâmica a lá Botero.

Para quem não sabe há muito tempo quero um porco de cerâmica marrom/laranja. Quando eu achava de cerâmica (a grande maioria dos porquinhos que eu achava na cidade anterior eram de gesso) ou eram grandes demais, ou era pequeno demais. Nesse meio tempo acabei comprando um made in sei-la-o-que nas americanas. Azul celeste com flores. Uma graça.

Só que a vontade de ter um original permanecia. E foi despertada com esse porco a lá Botero.

Digo que é boterista porque ele é enorme, redondo, com focinho curto como um pug e boca fechada. Lindo! Não pretendo colocar moeda alguma e sim tornar apenas uma peça de decoração no meu quarto. Estou pensando em pegar um nicho da minha estante só para o porcão, o porquinho e minha casinha amarela, também de cerâmica, que ganhei no meu aniversário de 10 anos e sobreviveu às todas essas mudanças dos últimos 10 anos.

IMG_20150914_171348

O porco boterista foi comprado no Mercado São José. Numa loja bem na porta traseira do mercado, logo de frente.

Ainda não entendeu Botero? Segue mais sobre o artista

Dancers

“Sou atraído pelo volume, a sensualidade da forma. Se pinto uma mulher, um homem, um cachorro ou um cavalo, o faço sempre com a ideia do volume, mas não é que eu tenha uma obsessão pelas mulheres gordas”. Botero

Anúncios