Imigração (legal)

Imigração-para-os-EUA-visto-legal

Apesar de pensar muito em empreendedorismo social, parte de mim já está cansada em votar, sendo que os mesmos é que estão se reversando do poder. Cansada de ver buracos nas estradas, descaso com a saúde e não entender como certos ganhos na educação ainda não foram levados como regra (e são apenas casos pontuais em escolas modelos). Não comentarei sobre a ausência de segurança no Brasil porque não precisa.

Estou vendo o meu estado (PE) à beira da falência, coisa que há pouco tempo atrás era bem diferente (já que teve ano que crescemos como a china!) e tento entender como foi que chegamos a este ponto.

Para agitar ainda mais o meu pensamento, estou lendo algumas reportagens sobre migração legal de pessoas ricas e bem qualificadas ou de mulheres que vão para os EUA só para ter seus filhos e para que eles recebam a dupla-cidadania.

Nunca pensei em morar nos Estados Unidos porém, estou achando interessante e propícia a nova onda de imigração para aquele país. São cidadãos mais qualificados, de renda muito superior à média do brasileiro que está entrando legalmente aquele país com o dinheiro brasileiro, investindo em empresas locais para conseguir o visto ou empreendendo lá por ser ‘mais fácil’ do que aqui.

Eu acho muito estranho investir em algo externo se podemos deixar o dinheiro aqui, em investimentos locais. Agora posso culpa-los? Eles estão em busca em parte daquilo que também quero: segurança, desburocratização do estado, boa educação. Pensando assim, até eu fiquei tentada!

Ainda sobre imigração, essa semana vi mais uma reportagem interessante sobre mulheres que estão tendo seus filhos nos EUA para que eles tenham dupla-cidadania. Isso é investir no futuro? A que ponto chegamos! Não estou discutindo sobre as facilidades de ter um passaporte norte-americano e sim no pensamento em longo prazo de saída do Brasil para fugir daquilo que, assim como eu, acham que não tem mais jeito.

Por conta disso me peguei pensando: se eu saísse, iria para onde? E o que eu faria para sobreviver? Não acho que se fosse sair, não seria por algum tempo e teria sim um pensamento à longo-prazo.

Imagem daqui

(Post pronto retirado dos rascunhos ao reler o post sobre ânimo e ver o quando estava abandonado)

Post sobre imigração 1/2

Anúncios