Emagrecendo com saúde (de verdade) e sem modismos

Tenho fibromialgia e durante a última crise em setembro do ano passado (daquelas que você tem muita inveja quem tem dengue), fui diagnosticada com depressão. Após alguns contratempos, além da minha reumatologista com que eu já estava voltando a me tratar, eu fui a um psiquiatra e, há 2 meses e alguns dias, tomo antidepressivo.

O cenário acima é bem resumido e apesar disso pode ter certeza ele tem muito a ver com o meu emagrecimento atual. Parte dos motivos por eu estar emagrecendo é por conta do antidepressivo. Ele fez a parte dele, eu a minha (e a empresa anterior a dela ao me demitir) e, durante este tempo, eu perdi 5.5 quilos.

Esse medicamento de receita controlada age em 3 problemas meus: Fibromialgia (até a minha reumatologista gostou do medicamento prescrito), a TAG (transtorno de ansiedade generalizado) e depressão leve (só quem passou por uma crise de fibromialgia sabe que a cabeça também não fica boa com tanta dor e exaustão).

Controlando a minha ansiedade e passando pelo detox do emprego anterior eu passei a comer menos também. E, eu que já como muitas verduras e quase nada de industrializado por conta do glúten, me vigiei para comer o mais limpo possível, reduzindo Pippo’s e até os farináceos (pães, bolos, biscoitos de fabricação própria e sem glúten) chegando a aderir depois ao desafio #15diasbichoeplanta

Semana passada, pela primeira vez em dois anos, eu fiquei gramas abaixo dos 60 quilos.

IMG_20160414_203844

Antes eu tinha roupas em sacos à vácuos. Eram roupas que escaparam de doações por gostar muito ou por ter sido caras e as chamava de roupas ‘de magra’. Hoje tenho saco com roupas que usei com o meu peso anterior e nenhuma calça que usei nos últimos meses de trabalho, por exemplo, escapou de ser guardada. Todas em uso hoje são aquelas que estavam guardadas anteriormente. Nessa brincadeira ‘ganhei’ também vestidos e alguns shorts.

Como é bom quando conseguimos aliar saúde (física e mental) com estética. Meta agora é voltar para a yoga e/ou meditação e perder os 2 quilinhos que faltam.

Lição aprendida: não se esqueça de você. De verdade.

Anúncios