Almoço RDO

_20170102_122728

Para quem almoça no trabalho, é fácil almoçar resto de ontem na segunda-feira. E quando essa segunda foi precedida de uma ceia melhor ainda. O cardápio de hoje foi com tudo o que eu tinha em casa na noite de domingo: Escondidinho.

Devia ter meio quilo de lombo de porco assado dentro do forno de micro-ondas. O lombo não ficou seco, ficou com uma cara boa, foi marinado com o que eu tinha na geladeira por umas 14 horas e assado lentamente (até demais). Ficou bom, apesar de que poderia ser mais picante, se minha mãe gostasse de pimenta (e não levou alho, claro).

Peguei parte desse lombo, passei no processador até ficar desfiado (rapidinho), refoguei com azeite, cebola, pimenta, um pouco de sal e um resto de açafrão que tinha. Ao finalizar coloquei um pouco de creme-de-leite sem lactose e terminei a primeira parte.

A segunda foi proveniente do jantar de sábado e do café da manhã de domingo: a macaxeira. Peguei um pouco de macaxeira, coloquei leite, pimenta, um tantinho de sal, leite, creme de leite e cebola (já disse que amo cebola?) e passei no liquidificador até virar um purê (rapidinho também).

O forno já estava aquecendo quando eu peguei o meu pote de vidro que normalmente levo salada e fiz uma camada com lombo, uma camada com macaxeira e um pouco de queijo prato ralada em cima (era o único queijo sem lactose que eu tinha). Sujei muito, como sempre sujo, lavei muito prato depois, porém resultou num bom almoço. O processo de preparo é rápido, o problema é o quanto eu consigo sujar.

Alerto tanto o leite, quanto o creme-de-leite e o queijo prato são com lactase. Eu já disse que essa história se ter um produto naturalmente com lactose e colocar lactase para se tornar #lacfree não é das coisas mais honestas. Sinto-me burlando. Como se tomasse antialérgico antes de comer algo que eu sei que me faz mal só que esses produtos estão sendo bem úteis nessa adaptação.

Anúncios