Salgadinhos Belive

Tenho preferências por coisas salgadas. Sempre tive. E estou em uma transição de paladar cruel e me adaptando a uma nova restrição alimentar (que neste momento escolhi fazer sem ajuda de lactase) o que me faz comer mais besteiras. E salgadinho é algo que faz falta!

Pippos era a minha grande paixão. Eu já tinha percebido que quando eu exagerada poderia ficar inchada só que eu não sabia o motivo até a conquista do #poenorotulo e eu entender que aquele produto era contaminado, que tinha realmente glúten e cortá-lo do meu dia-a-dia.

O que sobrou? Pipoca! E uma pipoqueira para o vício. Melhor compra de 2016! Só que o KiQueijo também não tem glúten e também fez parte da minha infância. E assim surgiu a minha busca por salgadinhos ‘besteiróis’ livre de glúten e lactose.

dsc_0026

Quando quero algo mais saudável faço pipoca quase sem gordura, com páprica picante e sal. Quando quero besteira, procuro besteira e hoje encontrei esse meio termo. Ele é ok. Me fez lembrar (a minha lembrança de) do lua de queijo sendo com o sabor de churrasco mais leve do que o Pippos de churrasco tinha. Bem crocante e pouco farelento.

tabela-nutricional-belive-churras

Vale a pena? Olha.. pode valer, depende o que você tem em mente. Ele não tem glúten ou lactose, tem poucos ingredientes porém, para mim não agregou valor porque é besteira do mesmo jeito, sabe? E besteira por besteira, fico com a mais barata e que se adequa a minha saúde. E o que seria esses óleos?

Para simplificar eu penso que tudo o que superprocessado (como esse salgadinho) é besteira e vai ser tratado como besteira. Sou contra essa gourmetização à toa. Ah, interessado do que eu como de comida ‘embalada’ e considero saudável? Tai aí!

coco_1

Ingredientes: Coco, mel, amendoim, amêndoa, soja torrada, gergelim, semente de girassol, goma acácia, óleo de girassol, macadâmia, pistache, castanha do pará, castanha de caju, avelã, emulsificante: lecitina de soja
e sal.

Não contém glúten.

Anúncios