Quando você percebe que vive em um armário capsula não programado

Minimalismo (5)

Tempos atrás você me viu falar um pouco do conceito de armário capsula e, o quanto pode nos ajudar, mesmo se não seguíssemos ao pé da letra (logo eu? Difícil…). E dele começaram a falar em derivativos como penteadeira capsula.

Passado o Rush-rush e mais de um ano depois, me deparei com cinco a quilos a menos de quando falei sobre isso aqui (fora os seis que já tinha perdido) e um armário inteiro praticamente trocado (sim, porque perde-se até peito, vá por mim) e, percebi que desejo muito menos peças de roupas que eu desejaria ou compraria no passado. Diante disso, resolvi fazer as contas de parte do armário;

  • 3 jeans, sendo um skinny escuro da Taco que eu não preciso abrir o botão só que juro que ainda está ok; um outro também da Taco já ajustado na cintura e que me irrita mesmo depois de uns 7 meses de comprado por conta da sua tinta azul um cinza da Zara que era rasgado e que hoje tenho três buracos;
  • 1 saia lápis de fundo branco e com pequenas sombras de flores escuras da Zara;
  • 6 t-shirts sendo 3 novíssimas da Camiseteria já que eu tive que aposentar duas outras, uma da coleção infantil de Harry Potter para Riachuelo e 1 furada da Zara e que tem cara de pijama e ainda uso mesmo assim;
  • 3 vestidos pretos totalmente diferentes entre si sendo um da Zara (2016), outro da Riachuelo (2017) e outro da Danashe (2014?). O primeiro e último já foram ajustados;
  • 1 vestido mostarda com barra em xilogravura que adoro;
  • 1 vestido branco que comprei no início da minha pós lá em 2011
  • 1 jaqueta militar da Danashe de 2011;
  • 1 terceira peça que ne ajuda também no frio do ar sem que eu morra de calor (a-louca e foi da Forever 21);
  • 6 camisetas, de lisas a estampadas (Renner, Riachuelo, Urb, Hering)
  • 3 shorts (loja de esquina, e dois da Marisa e nenhum deles eu preciso desabotoar para retirar. Todos com mais de 5 anos)
  • 1 saia curta jeans de loja de fábrica;
  • 2 longos estampados, um do Torra-torra e outro da Leader. Todos ajustados;

Nota: Não contei pijamas, roupas de yoga e partes de cima das roupas de cada ou de ‘ir ali’ ou lingerie.

São, no total, 28 peças que estão em uso e ajustadas no meu corpo e eu queria apenas uma Flare já que aquela que eu amo é 42 e eu visto 38 folgado hoje, além de 2 camisetas lisas e de cores neutras e lingerie.

Só ainda não sou feliz pela quantidade de roupa que eu guardo de 42 a 38 que não dá mais em mim. Parte doaria/venderia e parte eu permaneceria só por mais alguns meses ou até eu ter certeza que o meu peso está estabilizado (ao menos sem grandes variações para cima, apesar de hoje o problema ser outro).

E você? Já pensou quantas peças tem em seu guarda-roupa? E se é feliz com ele? E se sou minimalista? Ahh, me considero tão distante disso….

Anúncios