Nota mental para a próxima ida ao cinema e Mulher Maravilha

Nunca mais, nunca mais assistir filmes 3D's e ter que sair rapidamente do shopping depois dirigindo. Não dá. Saí bêbada, ziguezagueando pelo shopping fechado. Precisei ficar sentada no carro por alguns minutos e depois de um sinal de cruz segui rumo a minha casa. Bêbada! Como eu detesto 3D e como eu detesto que cada … Continuar lendo Nota mental para a próxima ida ao cinema e Mulher Maravilha

dias e dias

Todo mundo em todo lugar tem dias bons e ruins. Eles existem! Existem dias que rendo muito e outros nem tanto. Existem aqueles em que me sinto uma heroína por conseguir ter forças para continuar a me manter produtiva e sair satisfeita ao final do dia, mesmo com dores e desconfortos já outros que eu … Continuar lendo dias e dias

Grey’s Anatomy e Yang

Em meio a tantos bate-papos com uma vizinha e colega de trabalho (uma mudança boa de local, viu?), descobri que ela adora Grey's. Isso não é uma série e sim um vício. Um vício de 13 anos, muitas mortes traumáticas, acidentes com barca, bombas, assassinato em massa, acidente aéreo, doenças além dos corriqueiros problemas humanos … Continuar lendo Grey’s Anatomy e Yang

Educação no trânsito

Sim, porque já não basta a pessoa estar errada, fazer merda ela ainda quer ter razão e pode querer comprar briga com a outra. Porque? Sei lá! Só sei que na última semana foram algumas businadas, alguns loucos e ainda uma criatura fdp. E como o mundo seria melhor (ao menos) metade das regras fossem … Continuar lendo Educação no trânsito

Por onde andei… (enquanto alguém caminhava porque eu só mancava pelos cantos)

. O que ocorreu na minha ausência: Trabalhei muito. Estou no meio e envolvida em projetos bem interessantes. Cansa só que bom, sabe?; Sofri muito. Acho que o corpo não aguentou a correria e (acho) ansiedade do período e tive uma crise triste de fibromialgia que juntou com um problema no joelho. Hoje é o … Continuar lendo Por onde andei… (enquanto alguém caminhava porque eu só mancava pelos cantos)

Sororidade e o direito reservado de falar a verdade e se lutar pelo que é certo.

Voltando do supermercado onde fui verificar opções de chás e outros itens (saí sem comprar nada) na hora do almoço tive o desprazer de escutar parte de um programa da Jovem Pã onde algumas pessoas comentavam o ‘incidente’ entre José Mayer, o ator e Su Tonani, a figurinista. Eu tinha lido a carta dela no … Continuar lendo Sororidade e o direito reservado de falar a verdade e se lutar pelo que é certo.

Saldo de 2016

Em janeiro de 2016 eu tinha começado um projeto de anotar tudo o que tinha ocorrido de bom no ano e colocar num pote que eu recebi de natal no ano anterior. O plano foi ótimo e cheguei a colocar dois papéis acho, até que eu recebi o meu aviso prévio em 22.01.2016. Foi um … Continuar lendo Saldo de 2016

Uma infância contada por desenhos e cia.

Outro dia me dei conta do curto período de tempo que o Castelo Rá-Tim-Bum ficou no ar que foi inversamente proporcional à marca que deixou na minha infância. Se brincar até hoje posso cantar a música do ratinho promovendo a limpeza, digamos assim. Posso não saber o nome de todos os personagens, mas isso é … Continuar lendo Uma infância contada por desenhos e cia.

Vida Longa à The Crown

O sotaque inglês com uma série muito bem feita (a mais cara já feita pela Netflix hoje e que valeu cada centavo) cuja primeira temporada se passa entre o final do reinado de George IV (lembram do filme O Discurso do Rei? Ele mesmo!) com o início do reinado de Elizabeth II. Fatos  históricos romanceados … Continuar lendo Vida Longa à The Crown